Um 2021 de renovação para a ABK/SME Blumenau

Com títulos nacionais, Luísa Klettenberg e Eduardo de Oliveira foram os destaques da equipe blumenauense na temporada

O ano de 2021 foi de renovação para a Associação Blumenau de karate/Barão/Arawaza/Norte Shopping/Neumarkt Shopping/Ipiranga/SME Blumenau. Na área de alto rendimento, a equipe blumenauense teve mudanças, como vários atletas subindo de categoria. Mesmo com essas alterações, o grupo manteve expressivos resultados, tanto em competições estaduais, quanto nacionais.

“Essa renovação de troca de categorias, demonstra o constante trabalho de base feito pela comissão técnica da ABK/SME Blumenau. Além disso, a continuidade, ou seja, de manter todos esses talentos praticando e competindo em alto nível”, comenta Vanderlei de Oliveira, técnico da SME Blumenau e Seleções Brasileira e Catarinense de Karatê.

Foram muitos os destaques durante a temporada 2021. Entretanto, dois nomes conseguiram expressivos resultados: Luísa Klettenberg, 17 anos e Eduardo de Oliveira, 13 anos. Em outubro, por exemplo, Luísa, que passou da categoria Cadete para Júnior, conquistou quatro medalhas de ouro para Blumenau nos 33º Joguinhos Abertos de Santa Catarina, em Videira. E 15 dias depois, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (CE), manteve a rotina de vitórias, com o pentacampeonato brasileiro no Kumitê +59 quilos.

A blumenauense ainda fez sua estreia nos Jogos Abertos de Santa Catarina – dessa vez, no Kata por Equipe – ficando com a medalha de prata. No Estadual Ranking A, em novembro, Luísa encerrou o ano com três medalhas de ouro e uma de prata.

Grata surpresa
Quem também surpreendeu, mesmo após quase dois anos sem competições, foi Eduardo, que passou da categoria Sub-12 para a Sub-14. Conquistou o ouro no Kumitê Individual até 45 quilos e bronze por Equipe – na sua estreia na 20ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense e confirmou a boa fase, com o primeiro lugar no Estadual Ranking A. O blumenauense fechou o ano, no início de dezembro, em Fortaleza (CE), com o título de bicampeão brasileiro, no Kumitê até 35 quilos.

E segundo Vanderlei, os atletas não vão ter muito tempo de férias neste final de ano. Reiniciam os treinos em janeiro de 2022. “O ano promete ser bem intenso, não somente para ambos (Luísa e Eduardo), mas para todo o grupo. No primeiro semestre teremos Seletivas para a Seleção Brasileira – para o Campeonato Sul-americano. Além disso, alguns atletas vão disputar torneios internacionais, como o Open de Las Vegas (EUA)”, comenta o treinador.

Outros atletas que da ABK/SME Blumenau, que mudaram de categorias, também conseguiram bons resultados na temporada. Eduardo Bittencourt, que passou da categoria da categoria Júnior para Sub-21 e Sênior, foi medalha de bronze pela Sub-21, no Campeonato Brasileiro. Nicole Bauchspiess, que também lutava pela Júnior, ficou em terceiro lugar pela Sênior, também no Campeonato Brasileiro. Além de Pedro Tavares, que passou disputar pela Sub-14 e foi medalha de prata na competição nacional.

No cenário estadual, a ABK/SME Blumenau manteve a tradição de bons resultados em todos campeonatos. Nas competições promovidas pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), por exemplo, foi a única equipe do Estado, subir ao pódio em todas, pelo naipe feminino. Foi heptacampeã dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina e terceira colocada dos Jogos Abertos de Santa Catarina e da Olimpíada Estudantil Catarinense. Além disso, ficou com o vice-campeonato modalidade de Kumitê do Estadual Ranking A.

Fonte: Vanderlei de Oliveira, técnico das Seleções Brasileira e Catarinense de Karatê e da SME Blumenau (99163-9973)

Assessor de Comunicação:
Humberto Trindade (99194-0745)_E-mail: [email protected]

SECOM BLUMENAU

Deixe um comentário