Em 2015 os caminhoneiros fizeram três paralisações no governo Dilma, em virtude do preço do diesel custava R$2,80.

Em 2018 fizeram mais uma sendo que os caminhoneiros autônomos foram claramente utilizados como massa de manobra pelos movimentos de rua e federações de indústrias que apoiaram o golpe político, junto com as grandes empresas transportadoras.Já em 2021 tentaram se mobilizar em 07/09 para dar um golpe de estado, grandes empresários do setor do transporte e o agronegócio (que já havia colhido e vendido em dólar e seus equipamentos estava ociosos nos pátios) mas foi um fracasso total, tentando utilizar até caminhoneiro que não tinha caminhão e hoje vive belo e formoso no Chile.Pena que muitos desses autônomos parecem estar conformados pagando o diesel ao preço da gasolina, com um custo aproximado de 5,00 reais o litro do derivado, fora os aumentos nas manutenções dos seus veículos.Será que esse blá-blá-blá de paralisação vai acontecer? principalmente sem a ajuda do grande mercado transportador que está alinhado com esse governo que cada vez mais desmontar os direitos dos trabalhadores?Vamos agora ver a força da mobilização desses caminhoneiros autônomos que são a grande maioria que transportam as mercadorias na terra tupiniquim! Parem de ser massa de manobra da direita e lutem por seus direitos!E mesmo que o frete for reajustado para acompanhar o valor do diesel, quem paga a conta é você trabalhador e aposentado que jamais terá sua recomposição salarial nesses níveis. A corda tá apertando, e a tal da “ossadinha” e “vísceras” de peixes podem virar e já virou artigo de luxo para uma grande parcela da comunidade que está virando lixo para ter o que comer.Acordem caminhoneiros, quem deve dar as ordens na política de preços da Petrobras é o Odorico Paraguaçu que conforme sabemos ele comanda 51% da Estatal, mas quem manda é um grupinho seleto de investidores internacionais, que conseguiram essa engenhosidade no golpe político de 2016.

TEXTO – MARCELO FERRARI

>> Curta o Médio Vale em Foco no Facebook
>> Curta o Médio Vale em Foco no Instagram
>> Curta o Médio Vale em Foco no Twitter
>> Curta o Médio Vale em Foco no WhatsApp
>> Curta o Médio Vale em Foco no Grupo do WhatsApp
>> Curta o Médio Vale em Foco no Telegram

Deixe um comentário